<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5515885\x26blogName\x3dAlbergue+dos+danados\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/\x26vt\x3d-3105585526933720520', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Albergue dos danados

Blog de maus e mal-dizer 

2011-04-28


Porta fechada. Um regime fecha-se pelo número e pelo sentido restrito do número. É neste sentido que a oligarquia fecha a democracia no que a democracia não é e, para garantir a eficácia desse fechamento - mais exactamente do sequestro institucional implícito em tal fechamento-, prolonga o efeito da ilusão de que a democracia é um regime aberto e com resultado de governação incerto. O problema, problema empírico, é a experiência continuada de que, como funciona aquilo a que se chama democracia, os processos não produzem um resultado que seja incerto a priori. Cada vez mais a incerteza foi substituída pela confirmação de o que tem de ser tem muita força. Do que resulta que, pela certeza que lhe é conferida e pelo modo como essa conferência acontece, a democracia tende a não ser democrática. O que não significa que fosse melhor se tendesse a ser. Nicky Florentino.

Referência

2011-04-27


pas de deux, viii. ele tinha problema de consciência. ela chamou um afinador de pianos, pagou o serviço adiantado, pretendia resolver-lhe o problema. ele sabia que pagar adiantado era meio caminho andado para ser servido mal. ela julgava que pagar adiantado era o mesmo que pronto pagamento. para além disto temia prestações. admitia prestações de serviço, não admitia pagar a isso, por causa dos juros, que ela conhecia como correspondendo à palavra usura. até o afinador de pianos ter chegado e. O Marquês.

Referência

2011-04-26


Vinte e seis. Assentir, assim parece que tem de ser. Há muito tempo que isto deixou de ser um jogo. A reputação da desistência, diz-se, ainda deveria fazer levantar quem exausto, quem exaurido, para a colaboração. Não é tempo para dar passos atrás. A estação da altanaria passou, agora caça-se rasteiro. Sobressalto cívico?, a puta que vos pariu que vos console. Segismundo.

Referência

2011-04-24


corre corre


Jacques Tati © Mon Oncle, 1958.

Referência

2011-04-21


Página do livro das latitudes, xxvii. A beira de um precipício é o lugar ideal para a contemplação. Segismundo.

Referência

2011-04-20


Fiat lux, ii. No mesmo lugar, para o mesmo efeito. Dar a volta, não apenas dar a volta, dar a volta de modo a acabar por cima, acabar na posição do princípio. O Futebol Clube do Porto é assim. Não é sempre assim, está bem, mas é assim. Quando não é assim é porque o princípio estava errado. É em noites como as de hoje que, tunga, vai buscar, se confirma isto. Intendente G. Vico da Costa.

Referência



pas de deux, vii. ela, the denial twist, lembras-te? artilharia pas de deux, sem compasso, sem esquadria. mais do que pulsão, garagem e sangue, beatas e óleo no chão. ele, quase estivemos lá. a felicidade antecipou-se. ela, ainda bem que chegámos tarde. o estacionamento foi difícil. ele, as canções eram somáticas. a memória de uma dança. ela, nunca houve nós, jamais haverá. O Marquês.

Referência

2011-04-19


Jack Bauer faz-nos falta. Mais do que reflexão, devolução suficiente e reconhecimento de si, apenas autotematização, modo de resolver a dissonância cognitiva. O sentido é o da autopoiése, da delimitação no confronto com o resto. O projecto é retroprojectado. As referências dão amplitude e cobertura simbólica para dentro. O resto é o mais, definido especificamente, sem alcance universal. Se precisamos de um totem vivo para sair daqui vivos?, não. Basta o salto, o passo como alívio, emigração. Não a felicidade, a consonância é cada vez mais consequência de distância. Segismundo.

Referência

2011-04-14


London calling. Se for, porque il y a beau temps qu’en ce lieu d’aisance, o regresso será geodésico. Segismundo.

Referência

2011-04-13


pas de deux, vi. é insuportável ver-te a ruminar e a derramar delicadeza, gritou-lhe. eles gostam, assinalou-os com o olhar, provocadora. sofrerás. ela não vacilou, sorriu sem temor, persistiu na provocação. e ele bateu-lhe até rebentar-lhe os lábios, partir-lhe o nariz e um braço, fractura exposta, é para aprenderes, puta, antes de estender a mão esquerda até ao copo que estava sobre o balcão, é para aprenderes, pegar numa pedra de gelo, minha grande puta, e passá-la sobre uma escoriação na mão direita provocada pelo esmalte de um dente dela. O Marquês.

Referência

2011-04-12


Inauguração da primavera. Que os equívocos libertar-nos-ão é equívoco. A frente permance pálida, um lugar indefinido, apenas pela indefinição parece que espera. A demora para aí é já mais do que atraso, a indefinição adianta-o. As flores trazem o cheiro da falência. Apetece o outono para descansar das manhãs limpas, a força que faz a continuação regressar como motivo e consequência. Segismundo.

Referência

2011-04-07


Socorros a náufragos, ii. Há uma crise política, diz-se com o excesso habitual. Porque, embora política, crise governamental - que é o que continua a haver - é menos do que crise política. Crise política corresponde a agitação geral. Porém por ora são sobretudo as oligarquias que revelam frenesim. Está aberta a estação de listar. Enquanto a mole gentia está quase como a nêspera de Leiria, talvez não deitada, talvez não muito calada, simplesmente a ver que acontece o que acontecia. Nicky Florentino.

Referência

2011-04-06


pas de deux, v. ele usucapiu o coração dela. ela lavrou protesto em papel selado, folha azul com vinte e cinco linhas topada pelo selo da república, que já não se usa, para provar que também as resistência e determinação dela eram antigas. O Marquês.

Referência

2011-04-05


sometimes charlie stevens goes to memphis
§ iv
.

wake up, lady, leave the rope around your neck, be romantic. joão w. g.

Referência

2011-04-03


Fiat lux. O mister Jorge Jesus, da agremiação da ave, distava esta oito pontos do Futebol Clube do Porto, meteu-se ao horóscopo que transporta na cabeça e saiu-lhe o alvitre de que, naquela data, a agremiação referida teria apenas cinco pontos de desvantagem, por contar como garantida a vitória sobre o Futebol Clube do Porto no ninho. Pois reza a história que, assente hoje, o Futebol Clube do Porto chegou ao ninho com treze pontos de vantagem e saiu de lá com mais três amealhados, no cômputo o dobro daqueles que detinha aquando o mister Jorge Jesus só admitia cinco pontos de atraso, pontuação acrescida do título de campeão nacional, título que regressou a depositário magnânimo. Intendente G. Vico da Costa.

Referência

2003/2017 - danados (personagens compostas e sofridas por © Sérgio Faria).