<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5515885\x26blogName\x3dAlbergue+dos+danados\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/\x26vt\x3d-3105585526933720520', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Albergue dos danados

Blog de maus e mal-dizer 

2013-03-25


Spring has sprung. Um gajo cresceu com credo adequado. Os zombies não param nos semáforos. Pelo que, se alguém vem do outro mundo para entrar neste, não adianta pedir-lhe a senha. Cristo houve só um, muito antes de haver teelvisão ou internet. Agora as coisas são piores. Ou eram. Porque até os fundamentos mais básicos e elementares que proporcionavam a segurança ontológica a um gajo foram abalados. Agora um zombie não é um zombie, é alguém - veja-se o estatuto personificado que o pronome garante - que padece da síndrome de falecimento parcial (partially deceased syndrome) e, por isso, pode ser curado. Há uma droga boa para isso. A doutrina passa para valer, cuidadinho, três vezes, na bbc. E ainda há quem ande para aí preocupado com as misérias domésticas, a fome, o empobrecimento, o desemprego, a precariedade, o desgoverno, o regresso do senhor eng.º José Pinto de Sousa do exílio parisiense para fazer comentários sobre sabe-se lá o quê. Foda-se, que falta de mundo. Segismundo.


Enviar um comentário

2003/2017 - danados (personagens compostas e sofridas por © Sérgio Faria).