<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5515885\x26blogName\x3dAlbergue+dos+danados\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/\x26vt\x3d-3105585526933720520', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Albergue dos danados

Blog de maus e mal-dizer 

2012-03-20


Escada de Πcoito. Por esta via. Percebe-se tudo, nisto. Percebe-se que “alguém com tendências homossexuais, seja qual for o grau” - sim, a questão não é meramente de tendência ou, vá lá, de orientação, é também de acento - pode “ser um bom pai numa relação heterossexual”. Rewind, “bom pai numa relação heterossexual”, ponto final, não há dúvida, é ontologia. As relações são muito importantes, convém não esquecer, porém há as boas e há as outras, como os pais, sendo que os pais só são, porque só podem ser, nas boas. Como sugeriu alguém, o real é relacional ou vice-versa. Percebe-se também a da “lésbica activa”, porque, sabe-se, uma lésbica é como um vulcão. Não é por um vulcão não expelir magma que não é o que é. Importa não confundir vulcões com géisers. Fica sem se saber se uma lésbica inactiva tem tendências homossexuais e, se sim, em que grau, mas a lógica não é para aqui chamada, o assunto é de ciência e nesse chanfro deve ser considerado. Pode mesmo acontecer que haja uma lésbica activa em grau zero. Onde as sirenes começam a soar, porque se sente o avanço rápido em marcha à ré, é nesta, “não faço qualquer juízo moral. Cada um é livre de viver como bem entende, desde que não prejudique os outros”. Pois, embora possa não parecer, isso de não prejudicar os outros é já assento moral. Se activo, se passivo, se em que grau, que se foda. Segismundo.


Enviar um comentário

2003/2017 - danados (personagens compostas e sofridas por © Sérgio Faria).