<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5515885\x26blogName\x3dAlbergue+dos+danados\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/\x26vt\x3d-3105585526933720520', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Albergue dos danados

Blog de maus e mal-dizer 

2008-12-02


Política macha. O João tem razão. A lei orgânica n.º 3/2006, de vinte e um de Agosto, é estúpida. Não tem razão é em pretender que tal diploma, eufemisticamente conhecido como lei da paridade, “na prática, menoriza a condição feminina”. Se a menoriza, não a menoriza mais do que já é menorizada por um conjunto de dispositivos culturais e sociais que fazem com que haja muito menos mulheres do que homens em posições políticas relevantes, escrutinadas por eleição ou nomeação. Ou seja, a lei referida é estúpida mas não mais do que o estado actual da realidade política pátria. E, que raio, como é que as quotas aumentam o caciquismo? Essa é de bradar. Pois, em termos de impacto imediato, a consequência da implementação do dispositivo das quotas é forçar o recrutamento de criaturas que, mais por efeito de factores de discriminação do que por vontade, antes estavam além do limiar de atenção e de consideração dos recrutadores partidários. Neste sentido, o dispositivo das quotas aplicado a listas a submeter a sufrágio não aumenta o caciquismo. Investigações várias demonstram precisamente o oposto. Quanto muito, transforma-o. O que não é necessariamente mau. Excepto para os cabras machos que não são menorizados pela realidade existente, mesmo quando, como agora, são recrutados por motivos clientelares, de patrocinato ou caciquistas. Porque, seguro, a política é mesmo assim e só pode ser assim, macha. Nicky Florentino.


Anonymous Anódino said...

Eu sou contra as mulheres na política por uma razão: Deolinda Simões.  


Enviar um comentário

2003/2017 - danados (personagens compostas e sofridas por © Sérgio Faria).