<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5515885\x26blogName\x3dAlbergue+dos+danados\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/\x26vt\x3d-3105585526933720520', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Albergue dos danados

Blog de maus e mal-dizer 

2008-11-18


Uma gravidez, dizem, é estado para durar entre trinta e oito e quarenta semanas, em meses é só fazer a conta. O alarido em torno de uma piada ou o caraças da senhora dr.ª Manuela Ferreira Leite é excessivo. É verdade que, embora participe com papel destacado na farsa, a criatura não tem jeito para a comédia. Indo por partes, «a certa altura» «seis meses sem democracia» não é mau. Nunca foi. A euribor, por exemplo, que é muito mais importante do que a democracia porque indexa a hipótese de um tecto de muito extracto da fauna gentia - a democracia, por ser de ninguém, é algo entre a casa de putas e a casa de tontos -, há a três, a seis e a doze meses. Há até quem suspenda o cérebro por mais do que seis meses, para arrumar ideias, e depois regresse do pousio em mortório, aliviado, como novo. Daí não vem mal ao mundo. Claro que também há quem vá e não volte. Mas para isso há os socorros a náufragos ou, em casos de gravidade maior, a medicina legal. Consta que os relatórios de autópsia costumam enunciar os motivos do passamento. A política é mesmo assim. Nicky Florentino.


Enviar um comentário

2003/2017 - danados (personagens compostas e sofridas por © Sérgio Faria).