<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5515885\x26blogName\x3dAlbergue+dos+danados\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/\x26vt\x3d-3105585526933720520', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Albergue dos danados

Blog de maus e mal-dizer 

2008-11-19


Carrossel geral. Atendendo tanto aos bens quanto aos males, não se sabe onde acaba a função distributiva e começa a função especulativa. Na prática depende do juízo e da carteira de cada um. Cada um com o seu e com a sua respectivamente. Decorre daí, da capacidade de conjugar-se com a individualidade, parte significativa da resiliência do capitalismo. Da estupidez também. Como o consumo é sentido enquanto acto particular quando não íntimo - e no limite imediatamente após o limiar de sobrevivência ninguém é obrigado a consumir -, tanto os bens quanto os males são transaccionados e pagos, aqueles enquanto mercadoria, estes enquanto valor acrescentado ou custo diferido. É a chamada alegria e depois logo se vê. Antigamente, apesar de menos geral, era muito pior. Comum a agora e antes é nada ser grátis. Segismundo.


Enviar um comentário

2003/2017 - danados (personagens compostas e sofridas por © Sérgio Faria).