<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5515885\x26blogName\x3dAlbergue+dos+danados\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://alberguedosdanados.blogspot.com/\x26vt\x3d-3105585526933720520', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Albergue dos danados

Blog de maus e mal-dizer 

2007-05-06


Mundo e vidências. Raramente a política é entendida como política. Compreende-se que assim seja. Que raio é a política? Pois. A política é política. Mas, para além da redundância, é uma complicação do caraças. É mais fácil metaforizar a política. Política, a arte; política, a ciência; política, a guerra; política, a porca; política, a selva; política, o circo; política, o jogo; política, o teatro. Na prática, a incapacidade de entender a política nos seus próprios termos, em termos políticos, conduz a entender a política como se. Esta translação tem uma virtude, no sentido em que permite decifrar a ordem política segundo uma gramática reconhecida. Por exemplo, as metáforas bélica e lúdica permitem entender os avanços e os recúos, os ataques e as defesas, as estratégias e as tácticas, as forças e as equipas, os combatentes e os jogadores, tudo no plano político. No entanto, ao permitirem entender a política como guerra ou como jogo, tais deslocamentos metafóricos produzem um efeito perverso, não permitir entender a política como política. Pelo que, no mesmo processo em que se julga deslindar o caso político, o excesso de intimidade ou de simpatia em relação a determinada mundivisão extrapolítica ilude-o. Daí que, em termos políticos, não faça sentido apodar o senhor dr. Alberto João Jardim de animal político. A zoofilia é outro departamento. Nicky Florentino.


Enviar um comentário

2003/2017 - danados (personagens compostas e sofridas por © Sérgio Faria).