<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5515885\x26blogName\x3dAlbergue+dos+danados\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://alberguedosdanados.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttps://alberguedosdanados.blogspot.com/\x26vt\x3d-5653591469084247704', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Albergue dos danados

Blog de maus e mal-dizer 

2010-12-07


Ou há moralidade ou comem todos. Em termos políticos, no âmbito da ordem democrática a hipocrisia tem uma função simultaneamente económica e simbólica, possibilita a ilusão e, por via da ilusão - resolvendo ainda que não necessariamente sempre e para sempre qualquer dissonância cognitiva -, permite aos gentios poupar em atenção e preocupações, permite que se dediquem ao rengorrengo da vida. Ao mesmo tempo permite às senhoras e aos senhores da oligarquia fazerem igualmente pela vidinha. É a harmonia possível que resulta das desigualdades em situação de abundância. Mas a hipocrisia tem um custo, pelo menos em situação de austeridade ou escassez. E esse custo corresponde à necessidade de um módico de autenticidade e de decência, não paliativo, correctivo. O que é difícil. Porque também custa em dinheiro. Daí que não surpreenda que quem mais tem e a matilha serventuária no plano político sejam quem mais dificuldade tem em contribuir para o que não existe e sente não existir, portugal. O problema é que só ou sobretudo a hipocrisia já não chega. A retórica da pátria über alles - um dos esplendores da hipocrisia - já não convence. Ninguém gosta de ser fodido, menos ainda ser mais fodido do que os outros - o célebre problema da privação relativa. A mania da justiça e da solidariedade dá nisto. Nicky Florentino.


Blogger Mónica said...

um esclarecimento: "ser fodido" quer dizer "ser mau" ou quer dizer "ser enganado"?

tanto uma coisa como outra tb cansa não é?

o q tá a dar é ser invisivel...  


Anonymous Anónimo said...

"Vão-se foder" é, de facto, mais intímo do que "vou foder-te", pela simples razão de que os "gentios", não podendo concretizar a segunda, só podem desejar a primeira, com votos de um "Bom Natal" e "Feliz Ano Novo". FMI!!!! dá do dá do dá do dá ....  


Enviar um comentário

2003/2022 - danados (personagens compostas e sofridas por © Sérgio Faria).